Terça-feira, 18 de Agosto, 2009

 A Mediação Social, Pedagógica, Profissional, Cultural, tem sido abordada no projecto Competitividade Social do Centro Luís de Camões, desde os anos 90 no âmbito da UNIVA”ProEmprego” deste Centro Social ,concretamente ;

 

a)- rede de informação/encaminhamento(UNIVAS/Clubes de Emprego) na perspectiva do utente e do sector empresarial e sindical , por forma a responsabilizar utentes e enquadramento da temática laboral e a dimensão(mercado) social de emprego nos departamentos de recursos humanos das empresas e/ou associações empresarias.

Tarefa: articular beneficiários do RSI, beneficiários do subsídio de desemprego, jovens e adultos à procura de emprego, debater a temática da criação/manutenção de postos de trabalho.

b)- melhor conhecimento do conceito TTT_ Trilogia do Trabalho Temporário,  Trabalhador Temporário , Empresa de Trabalho Temporário, Empregador de Trabalho Temporário, direitos e deveres, aprendizagem profissional, mobilidade, estabilidade regulada, parcerias na relação laboral, temas abordados em  acção de sensibilização realizada neste Centro Social. Tarefa: divulgar conceito nos centros sociais e no desenvolvimento local.

c)- avaliação/valorização dos projectos/acções de informação realizadas pelos Centros Sociais/ Acções Saber+. Tarefa:  reflectir e debater conteúdos programáticos, formação pessoal/profissional.

d)- encaminhamento de utentes em risco social e com capacidade pessoal , para o Centro de Novas Oportunidades(CNO). Tarefa: elaborar projectos pedagógicos personalizados consoante risco social

e)- envolvimento dos familiares e da comunidade. Para este propósito, anota-se a relevância dos projectos “Aprender Juntos” e “Escola de Pais” dos Estabelecimentos de Ensino nesta zona geográfica.

Tarefa: melhor envolvimento de famílias em risco social , enquadramento cívico ,habitacional, ambiental.

- Rede de Parceria – estas referências  têm como objectivo suscitar a atenção nas respectivas entidades, para regularidade de projectos, cooperação entre centros sociais, enquadramento da avaliação dos projectos e utentes, rede de serviços por forma a afectar técnicos licenciados, a tempo completo.

- Empreendedorismo Social – as tarefas descritas carecem de estrutura adequada no domínio da gestão organizacional, económica e financeira, não podendo ser exercida apenas em regime de voluntariado.

                       

 

publicado por Renato Costa às 18:40

mais sobre mim
arquivos
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


pesquisar
 

blogs SAPO


Universidade de Aveiro